Seja bem-vindo ao Amber Heard Brasil, a sua maior e melhor fonte brasileira sobre a atriz no Brasil. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos. Somos um site sem fins lucrativos criado e mantido por fãs e não possui qualquer ligação com Amber Heard, sua família ou seus representantes. Todo o conteúdo original aqui apresentado, tais como notícias, informações, traduções, textos e gráficos, pertence ao site a não ser que seja informado o contrário. Nenhuma violação de direitos autorais é pretendida, nós NÃO reivindicamos ou possuímos direito de propriedade sobre nenhuma das fotos em nossa galeria, as mesmas pertencem aos seus respectivos donos legítimos e estão sendo usadas de acordo com a Fair Use Law § 107. Caso algum conteúdo ou foto aqui disponibilizado ou demonstrado seja de sua autoria e você gostaria que fosse removido, solicitamos que entre em contato conosco imediatamente antes de tomar qualquer ação legal.
Seja bem-vindo ao Amber Heard Brasil, a sua maior e melhor fonte brasileira sobre a atriz no Brasil. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos. Somos um site sem fins lucrativos criado e mantido por fãs e não possui qualquer ligação com Amber Heard , sua família ou seus representantes. Todo o conteúdo original aqui apresentado, tais como notícias, informações, traduções, textos e gráficos, pertence ao site a não ser que seja informado o contrário. Nenhuma violação de direitos autorais é pretendida, nós NÃO reivindicamos ou possuímos direito de propriedade sobre nenhuma das fotos em nossa galeria, as mesmas pertencem aos seus respectivos donos legítimos e estão sendo usadas de acordo com a Fair Use Law § 107. Caso algum conteúdo ou foto aqui disponibilizado ou demonstrado seja de sua autoria e você gostaria que fosse removido, solicitamos que entre em contato conosco imediatamente antes de tomar qualquer ação legal.

ALERTA DE GATILHO: A matéria descreve as mensagens e as agressões em detalhes explícitos e aterrorizantes, sendo assim, pode causar desconforto e desencadear fortes emoções. Se você é sensível a este tipo de conteúdo, por favor, não leia.

Um Johnny Depp raivoso, declarou através de uma mensagem de texto que ele ‘queimaria’ e ‘afogaria’ sua ex-esposa, Amber Heard, e então ‘f*oderia seu cadáver queimado’ durante seu relacionamento volátil, segundo um tribunal teve conhecimento.

Mensagens antigamente não vistas, do ano de 2013, que foram enviadas do ator de Piratas do Caribe, de 56 anos, para seu amigo, o ator Paul Bettany, foram lidas nessa quarta feira, 26, no Supremo Tribunal de Londres.

Depp, que participou da audiência, estava no tribunal quando as mensagens compartilhadas com Bettany, foram lidas em voz alta.  

Ele escreveu a seguinte mensagem de texto para Paul Bettany, em 6 de novembro de 2013:

“Vamos queimar Amber,” a frase foi lida durante uma audiência no tribunal.

Foi registrado no tribunal que ele teria mandado uma mensagem de texto para Bettany novamente naquele mesmo dia dizendo:

“Vamos afogá-la antes de queimá-la!! Depois disso, irei f*der o corpo queimado dela para ter certeza de que está realmente morta.”

“Sem comida por dias… pó… meia garrafa de uísque, vários red bull e vodkas, pílulas, 2 garrafas de Champers no avião e o que você ganha..???”

“Um [termo pejorativo usado para se referir aos nativos americanos] bravo e agressivo, em uma porra de um blecaute, gritando obscenidades e insultando qualquer um que se aproximasse… Chega.”

Adam Wolanski, representante do The Sun, disse ao tribunal de Londres que em maio de 2014, a mensagem de texto de Johnny para Paul Bettany parecia se referir a uma “briga” com Heard em um avião. Wolanski diz que Depp é acusado de “gritar obscenidades” no voo, quando deu um tapa no rosto de Heard, chutou-a nas costas e jogou uma bota nela, antes de supostamente “desmaiar” no banheiro do avião.

O tribunal também ouviu outras mensagens enviadas pelo ator, em Maio de 2014, que diziam:

“Vou parar propriamente com as bebidas, querido… Bebi a noite inteira antes de ir buscar a Amber para voarmos para Los Angeles, no domingo passado… Foi feio, companheiro.”

“Eu admito que sou muito f*dido da cabeça por descontar minha raiva em quem eu amo por motivos pequenos, estou velho demais para ser esse cara. Mas, não tem problema em continuar usando as pílulas.”

Depp estava no tribunal para uma audiência preliminar de um processo de difamação que ele abriu contra o Jornal Britânico ‘The Sun’, sobre um artigo que alegava que Depp havia sido abusivo contra a atriz Amber Heard, de 33 anos.

As mensagens foram reveladas ao tribunal quando o antigo time jurídico de Depp acidentalmente enviou 70.000 (setenta mil) mensagens do ator para algumas pessoas e a resposta dessas pessoas para o ator, para a equipe jurídica do jornal The Sun.

Essas mensagens vão ao coração, ao verdadeiro núcleo desse caso, elas são super importantes e relatam os pensamentos e visão de Depp de diversos incidentes já descritos por Heard”, disse Wolanski.

No processo dos EUA, Heard já acusou que o violento Depp se tonava “O Monstro” quando estava sob efeito de álcool e drogas, então ele batia, estrangulava e atormentava a atriz. Ela afirmou que Depp a atingiu repetidamente, arrancou seus cabelos, a enforcou e quase a sufocou, em um tribunal na Virgínia,em documentos respondendo ao processo de difamação de $50 milhões de dólares que o ator abriu contra ela, referente a um artigo que Amber escreveu para o The Washington Post, onde ela comentou e pediu por mais suporte para vítimas de violência doméstica como ela, mas sem citar o nome do ator no artigo.

Nos documentos que Heard apresentou no tribunal dos EUA, a atriz afirma que começou a namorar com o ator em 2012 e:

“Por volta de um ano do nosso relacionamento, eu comecei a presenciar Johnny abusando de álcool e drogas… Sempre que ele usava alguma dessas substâncias, eu temia por nós dois. Ele se tornava uma pessoa totalmente diferente, frequentemente se tonando delirante e violento. Nós chamávamos aquela versão do Johnny de ‘O Monstro’. Johnny raramente lembrava de seu comportamento delirante e violento quando saia do seu estado de bêbado e drogado… Por amar tanto Johnny, eu sempre acreditei em suas inúmeras promessas de que ele podia e conseguiria melhorar. Eu estava errada. ”

Em um jato privado que fez uma viagem de Boston até Los Angeles, em Maio de 2014, Heard declarou no tribunal o estado de Depp:

“No vôo, Johnny pediu a equipe de bordo que lhe dessem um tanque de oxigênio, que bebeu rapidamente. A equipe pessoal de Johnny me disse que ele estava com raiva porque eu estava gravando um filme que continha cenas românticas com o ator James Franco no dia anterior ao vôo. Em um momento eu me levantei, e Johnny me chutou nas costas, fazendo com que eu caísse. Johnny jogou sua bota em mim enquanto eu estava no chão. Johnny continuou a gritar obscenidades até o momento em que foi ao banheiro do avião e ‘desmaiou’ trancado lá dentro, até o final do vôo.”

Depp posteriormente se desculpou em uma mensagem de texto, que dizia: “Mais uma vez, eu me encontro em um lugar de muita vergonha e arrependimento. Com certeza, eu sinto muito. Eu realmente não sei o que aconteceu ou porquê aconteceu. Mas eu nunca mais vou fazer isso.”

Heard apresentou no tribunal documentos que provam que, um mês após o casamento dos dois, em Março de 2015, Depp – que supostamente deveria estar sóbrio naquele tempo, mas que não acreditava que consumir esctasy era quebrar sua sobriedade – fez uma ‘maratona’ de três dias sob efeito de MDMA/Esctasy na Austália.

Johnny me disse que eu não havia o proibido explicitamente de consumir esctasy. A discussão começou, e Johnny me empurrou, me estapeou, e me jogou no chão, antes de eu conseguir me retirar e correr para um quarto trancado.”
“Na manhã seguinte, eu desci as escadas e vi que Johnny ainda estava acordado, e que ele tinha permanecido acordado a noite inteira, tomando uma quantia de oito pílulas de MDMA. Ele também estava bebendo. Nós começamos uma briga, que Johnny tornou física, e eu corri para me esconder em um dos quartos. Mas isso não impediu Johnny de invadir o cômodo em que eu estava me escondendo. Quando a noite chegou, Johnny tinha me agredido diversas vezes, me empurrado, me lançado contra o chão, me sufocado e cuspido no meu rosto.

“Naquela noite, Johnny me lançou contra uma mesa de ping pong que desabou em baixo de mim. Johnny lançou garrafas através de janelas e portas de vidro, quebrando dois painéis e deixando vidro por toda parte. Johnny então me agarrou fortemente, puxando meu corpo e minha camisola. Ele rasgou a camisola e, em algum momento, eu estava nua e descalça, coberta de álcool e vidro. “

“Em um dos momentos mais horríveis e assustadores dessa provação de três dias, Johnny me agarrou pelo pescoço e clavícula e me jogou contra a bancada. Lutei para me levantar enquanto ele me estrangulava, mas meus braços e pés escorregavam e deslizavam em contato com o álcool e os pedaços vidro que estavam quebrados e espalhados na bancada e no chão, e cortavam repetidamente meus braços e pés.”

Heard afirma que o ator foi hospitalizado, e ela ficou com um “lábio cortado, nariz quebrado, e cortes pelo seu corpo.”

“Até hoje, eu tenho as cicatrizes deste incidente nos meus pés e braços.”

Matéria Original: Page Six

Tradução: Equipe Amber Heard Brasil.