Seja bem-vindo ao Amber Heard Brasil, a sua maior e melhor fonte brasileira sobre a atriz no Brasil. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos. Somos um site sem fins lucrativos criado e mantido por fãs e não possui qualquer ligação com Amber Heard, sua família ou seus representantes. Todo o conteúdo original aqui apresentado, tais como notícias, informações, traduções, textos e gráficos, pertence ao site a não ser que seja informado o contrário. Nenhuma violação de direitos autorais é pretendida, nós NÃO reivindicamos ou possuímos direito de propriedade sobre nenhuma das fotos em nossa galeria, as mesmas pertencem aos seus respectivos donos legítimos e estão sendo usadas de acordo com a Fair Use Law § 107. Caso algum conteúdo ou foto aqui disponibilizado ou demonstrado seja de sua autoria e você gostaria que fosse removido, solicitamos que entre em contato conosco imediatamente antes de tomar qualquer ação legal.
Seja bem-vindo ao Amber Heard Brasil, a sua maior e melhor fonte brasileira sobre a atriz no Brasil. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos. Somos um site sem fins lucrativos criado e mantido por fãs e não possui qualquer ligação com Amber Heard , sua família ou seus representantes. Todo o conteúdo original aqui apresentado, tais como notícias, informações, traduções, textos e gráficos, pertence ao site a não ser que seja informado o contrário. Nenhuma violação de direitos autorais é pretendida, nós NÃO reivindicamos ou possuímos direito de propriedade sobre nenhuma das fotos em nossa galeria, as mesmas pertencem aos seus respectivos donos legítimos e estão sendo usadas de acordo com a Fair Use Law § 107. Caso algum conteúdo ou foto aqui disponibilizado ou demonstrado seja de sua autoria e você gostaria que fosse removido, solicitamos que entre em contato conosco imediatamente antes de tomar qualquer ação legal.

O ator muito ciumento, renomeava estrelas masculinas e femininas que ele considerava uma “ameaça sexual” usando insultos bizarros.

A estrela de Titanic, DiCaprio, ficou conhecido como “cabeça de abóbora”, enquanto Depp chamou Channing Tatum de “cabeça de batata” e Jim Sturgess “cocô”.

Depp também acusou Heard de ter casos com uma série de atores – incluindo Eddie Redmayne, James Franco, Liam Hemsworth, Billy-Bob Thornton e Kelli Garner.

Heard fez a afirmação ao iniciar suas provas contra Depp na alta corte de Londres hoje.

Ela disse: “Eu tinha que justificar a ele por que estava fazendo um filme, e era muito pior se houvesse algum beijo ou uma cena de sexo nele. Ele tentava me pegar tomando meu telefone ou dizendo que alguém tinha lhe dito que eu estava tendo um caso e agia como se ele tivesse informações que o provassem – quando eu realmente não tinha. Ele me provocava – especialmente quando estava bêbado ou chapado – e tinha apelidos depreciativos para cada um dos meus colegas masculinos que considerava uma ameaça sexual. Por exemplo, Leonardo DiCaprio era ‘cabeça de abóbora’, Channing Tatum era ‘cabeça de batata’ e ‘Jim Cocô Sturgess’.”

Heard também afirmou que Depp “controlador” ficava obcecada com quem ela dormiu anteriormente e disse que se sentiu forçada a começar a recusar o trabalho.

A estrela do Aquaman acrescentou: “Ele falava possessivamente de mim como ‘minha mulher’ e fez comentários que desejava ter me encontrado antes que eu dormisse com mais alguém, ‘brincando’ que ele me trancaria aos 14 anos. Ele ficava obcecado com a maneira como eu me vestia. Se eu usasse um vestido decotado, ele diria coisas como ‘minha garota não vai se vestir como uma prostituta’. Com o tempo, parei de usar vestidos reveladores para eventos no tapete vermelho: simplesmente não valia a pena o abuso verbal e psicológico”.

O tribunal ouviu hoje como Depp ameaçou fazer com que alguns “irmãos negros” estuprassem Amber Heard durante um violento voo particular.

O ator de Piratas do Caribe supostamente fez uma série de comentários gráficos para a atriz enquanto viajavam entre Boston e Los Angeles em 2014.

Ele então chutou Heard “pelas costas” enquanto a acusava de ter um caso com seu colega James Franco.

Em sua declaração de testemunha, Heard disse: “Johnny sentou na minha frente em um dos assentos opostos. Eu estava no modo de congelamento. Pude ver que ele estava louco, bêbado e drogado. Comecei tentando não provocá-lo – sabia que não havia nada que pudesse fazer para aplacá-lo. A certa altura, levantei-me para me mudar para outro lugar no avião e ele disse: ‘você está se afastando de mim?’ E ele me chutou com força nas costas. Caí de joelhos e mãos, mortificada. Eu não olhava para ele. Ele estava gritando comigo, me provocando, dizendo algo como ‘James Franco, merda, merda, olhe para mim’. Ele ainda estava bebendo muito e continuou me insultando verbalmente, tentando chamar minha atenção. Ele continuou me abusando verbalmente, dizendo coisas como ‘quando pousamos, posso ligar para alguns irmãos negros que podem te foder se você estiver tão desesperada por isso’. Eu não reagi, então ele tirou a bota e jogou em mim. Em algum momento ele também jogou um garfo em mim. Ele finalmente foi ao banheiro e desmaiou. Ninguém disse nada ou reagiu.”

Mas Depp negou as alegações de violência contra sua esposa, dizendo que foi ao banheiro dormir no chão.

Mas uma mensagem no dia do ocorrido foi lida no tribunal de Depp para seu amigo Paul Bettany onde ele disse que ele era “um Injun furioso e irritado em um blecaute, gritando obscenidades e insultando qualquer idiota que se aproximasse …”

O tribunal foi informado como Depp ameaçava “talhar” o rosto de Heard se ela o deixasse ou o machucasse.

Heard também afirmou que Depp ameaçou “matá-la muitas vezes” durante brigas explosivas movidas a drogas.

Ela disse: “Ele ameaçou explicitamente me matar muitas vezes. Ele culparia todas as suas ações por uma terceira pessoa criada por ele, que ele costumava chamar de ‘O Monstro’. Ele falou sobre o nosso relacionamento estar “vivo ou morto” e me disse que a morte era a única maneira de sair do relacionamento. Ele descreveu o que queria fazer comigo se eu o deixasse ou o machucasse, por exemplo, talhar meu rosto para que ninguém mais me quisesse. Ele também disse que faria com outras pessoas de quem não gostava ou se sentia ameaçado, detalhando como ele queria que alguém fosse torturado ou quão barato e fácil seria fazer alguém ser liquidado.”

Heard disse à Suprema Corte como seu peso despencou enquanto ela estava com Depp – alegando que ela ficava “assustada o tempo todo”.

A estrela acrescentou: “Ao longo dos anos, Johnny me ameaçou muito por eu deixá-lo. Ele falava sobre o que faria comigo se eu o deixasse, como ‘Cortarei seu rosto para que ninguém te queira nunca mais’ e sobre como ele conhecia pessoas que podiam ‘quebrar uma perna, muito barato ‘.”

Heard também disse: “O que Johnny diz sobre minha chamada ‘agenda’ em se casar com ele, para benefício financeiro ou para de alguma forma promover minha carreira, é absurdo. Permaneci financeiramente independente dele o tempo todo em que estivemos juntos e todo o valor do meu acordo de divórcio foi doado para caridade. De fato, meu desejo de permanecer independente financeiramente foi uma das principais fontes de conflito durante o nosso relacionamento.”

O caso continua.

Original | Tradução e adaptação: Equipe Amber Heard Brasil