Seja bem-vindo ao Amber Heard Brasil, a sua maior e melhor fonte brasileira sobre a atriz no Brasil. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos. Somos um site sem fins lucrativos criado e mantido por fãs e não possui qualquer ligação com Amber Heard, sua família ou seus representantes. Todo o conteúdo original aqui apresentado, tais como notícias, informações, traduções, textos e gráficos, pertence ao site a não ser que seja informado o contrário. Nenhuma violação de direitos autorais é pretendida, nós NÃO reivindicamos ou possuímos direito de propriedade sobre nenhuma das fotos em nossa galeria, as mesmas pertencem aos seus respectivos donos legítimos e estão sendo usadas de acordo com a Fair Use Law § 107. Caso algum conteúdo ou foto aqui disponibilizado ou demonstrado seja de sua autoria e você gostaria que fosse removido, solicitamos que entre em contato conosco imediatamente antes de tomar qualquer ação legal.
Seja bem-vindo ao Amber Heard Brasil, a sua maior e melhor fonte brasileira sobre a atriz no Brasil. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos. Somos um site sem fins lucrativos criado e mantido por fãs e não possui qualquer ligação com Amber Heard , sua família ou seus representantes. Todo o conteúdo original aqui apresentado, tais como notícias, informações, traduções, textos e gráficos, pertence ao site a não ser que seja informado o contrário. Nenhuma violação de direitos autorais é pretendida, nós NÃO reivindicamos ou possuímos direito de propriedade sobre nenhuma das fotos em nossa galeria, as mesmas pertencem aos seus respectivos donos legítimos e estão sendo usadas de acordo com a Fair Use Law § 107. Caso algum conteúdo ou foto aqui disponibilizado ou demonstrado seja de sua autoria e você gostaria que fosse removido, solicitamos que entre em contato conosco imediatamente antes de tomar qualquer ação legal.

Na manhã desta terça-feira, 07, aconteceu o primeiro dia do julgamento do caso de difamação de Johnny Depp contra o jornal britânico The Sun, no qual Amber Heard compareceu (confira imagens aqui) e será uma das testemunhas.

O julgamento em andamento deveria ter começado em março, mas teve que ser adiado devido à pandemia de coronavírus. Também foi quase descartado na semana passada, depois que o juiz Nicol decidiu que o ator violou uma ordem judicial ao não revelar possíveis evidências – mensagens de texto relacionadas ao seu uso de drogas.

Depp e Heard ficaram cara a cara ontem na corte de Londres, onde Depp, 57, está processando o jornal The Sun por se referir a ele como um “espancador de esposas” em um artigo de abril de 2018.

Amber Heard chegou ao Supremo Tribunal de mãos dadas com sua irmã Whitney e advogada Jennifer Robinson, também acompanhada de sua namorada Bianca Butti. Johnny Depp e sua equipe tentaram impedir Amber de comparacer ao tribunal e testemunhar, mas como visto falharam, o julgamento está previsto para durar três semanas.

Ao abrir o caso, Sasha Wass, QC, representando o The Sun, disse: “Os réus demonstrarão que a descrição do Sr. Depp como um ‘espancador de esposas’ é totalmente precisa e verdadeira. Eles mostrarão que a série de artigos está correta – ou seja, que o requerente espancou sua esposa, Amber Heard, causando-lhe um ferimento significativo e, ocasionalmente, levando-a a temer por sua vida. Essa defesa é apoiada por depoimentos de testemunhas, evidências médicas, fotografias, vídeo, gravações de áudio, evidências digitais e textos do próprio Depp”

A advogada descreveu Heard como uma “mulher inteligente e independente que desenvolveu sua própria carreira como atriz.” Mas ela disse que isso “deu origem a uma série de conflitos” entre os dois, enquanto Depp procurava “controlar” a vida social e as escolhas de carreira de Heard.

Ela acrescentou: “Esses conflitos se manifestaram em discussões em que Depp se tornou abusivo e agressivamente ciumento, às vezes acusando falsamente a Srta. Heard de ter relações sexuais com seus colegas de elenco. As discussões não foram fáceis devido a diferença de gerações entre a Srta. Heard e o Sr. Depp, que alimentou a insegurança de Depp. Isso exacerbou sua dependência bem documentada e o abuso excessivo de álcool e drogas controladas, que remontam à época de Depp quando jovem.”

Disseram ao tribunal que Heard havia apoiado as tentativas de Depp de “deixar seus vícios,” mas se ele falhasse ele “viraria sua raiva e frustração para a Srta. Heard, repreendendo-a e lançando uma variedade de acusações vis, cruéis e irracionais.”

Wass acrescentou: “Nessas ocasiões, a agressão de Depp geralmente se transforma em um comportamento fisicamente destrutivo, incluindo o uso de violência contra ela. O comportamento de ‘espancar a esposa’ incluía atirar objetos nela, dar-lhe um tapa no rosto, chutá-la, agarrá-la pela garganta e ameaçar matá-la. Em períodos de sobriedade após as fúria destrutiva de Depp, ele reconhecia os problemas que enfrentava, pedia desculpas à Srta. Heard e culpava o que descreveu como ‘sua doença’. Ele se referiu à sua personalidade bêbada e violenta como ‘o monstro’. Quando sóbrio, o Sr. Depp era capaz de bondade, charme e generosidade. O lado do personagem que ele descreveu como ‘o monstro’ era ciumento, controlador, violento e selvagem. São essas características que o qualificam para o termo ‘espancadora de esposa’

As filmagens gravadas por Heard foram mostradas na corte de Depp gritando “filh* da p*ta” enquanto ele chuta um armário.

Heard diz a ele “nem sequer estamos brigando, tudo o que fiz foi pedir desculpas,” fazendo Depp responder: “Aconteceu alguma coisa com você esta manhã? Acho que não.” O ator continua: “Você quer ver louco? Eu vou te dar a porr* de um louco.” Perguntaram para Depp se ele estava bêbado no momento do vídeo referindo a um “mega litro de vinho tinto” que ele parecia derramar durante o clipe. Wass disse: “[Não é] a escolha de todos no café da manhã“.

Mas a estrela disse que acreditava que havia sobrado da noite anterior e negou ter tomado cocaína porque é uma “impossibilidade física” que ele sempre seja “alto ou embriagado”. Depp admitiu gastar 23.834 libras por mês em vinho – mas afirmou que não bebia tudo sozinho.

O tribunal também ouviu que certa vez enviou um e-mail a Sir Elton John para celebrar 100 dias sóbrios – e se referia ao seu “cérebro e fígado parecidos com a sra. Thatcher“. Falando da “eterna selvageria contra mim mesmo“, Depp disse a Sir Elton: “Eu teria sido engolido pelo monstro se não fosse por você.” O tribunal também foi informado de que Depp enviou uma mensagem de texto onde ele se referia à ex e mãe de seus filhos, Vanessa Paradis, como um “pé no saco“.

Ele também a chamou de “ex-albatroz francês“, quando elogiou Heard no início de seu relacionamento. Depp disse ao tribunal em evidência que as acusações que ele submeteu a Heard de “tortura e outros abusos” eram “doentes” e “completamente falsas”.

Trechos das gravações feitas entre ele e Heard foram lidos hoje ao tribunal durante suas provas. Neles, Heard diz a Depp: “Você levou um tapa… mas eu não te dei um soco. Eu não te dei a p*rra de um soco. Eu te dei a p*rra de um tapa.” Heard passa a chamar Depp de “p*rra de um bebê” fazendo com que ele responda: “Porque você começa brigas físicas.” A atriz então continua: “Você é um bebê. Cresça c*cet*.

Depp admitiu várias coisas quando entrou no estande – incluindo como ele começou a usar drogas com apenas 11 anos. Ele também afirmou que tentou “todos os medicamentos conhecidos pelo homem” quando tinha 14 anos – incluindo LSD, cocaína e medicamentos prescritos.

As “mensagens sobre as drogas da Austrália” que foram enviados em 2015 antes do suposto ataque incluem menção a “pílulas felizes” e “coisas esbranquiçadas.” Depp negou o uso de drogas e alegou que Heard não encontrou uma sacola de MDMA no momento do ataque. Outros textos também foram previamente divulgados ao tribunal entre Depp e o ator britânico Paul Bettany. Um em 2013 disse: “Vamos queimar Amber. Vamos afogá-la antes de queimá-la !!! Depois f*do seu cadáver queimado para ter certeza de que ela está morta.

Depp admitiu hoje que “se envolveu em drogas” com a estrela de Vingadores, Bettany, quando perguntado durante o interrogatório se o ator era “um dos amigos de drogas de Depp.” ele disse: “Paul Bettany é um ator com quem trabalhei várias vezes, ele é um amigo e nós temos … sim, nós nos envolvemos em drogas juntos“. Depp então revelou ao tribunal que eles usaram Xanax e Adderall juntos, entre outras drogas.

Por boa parte do tribunal ter sido aberto ao público, outros detalhes importantes do ocorrido foram cobertos por repórteres como Nick Wallis, Poppy Wood e mais, reunimos mais alguns trechos importantes das coberturas online não citados acima.

  • Recebemos a declaração de abertura do Reclamante (o reclamante é Johnny Depp para ser mais claro!) Aqui estão alguns trechos: “Alegações da Srta Heard,
    11. Como alegações é difícil pensar em termos de abuso físico entre duas pessoas em um relacionamento que poderia ser mais extremo ou violento do que aqueles que a Srta. Heard fará contra o Sr. Depp neste Tribunal. Recentemente, a Srta. Heard levantou uma nova alegação de que ela até pediu para ser ouvida em particular por causa de sua natureza supostamente horrível, uma alegação que nunca foi levantada antes, nem publicado em nenhum lugar nos últimos quatro anos, desde que essa história foi divulgada em publicações e publicações, incluindo em qualquer um dos muitos depoimentos do Tribunal e outros documentos produzidos no litígio que foi conduzido desde o rompimento de seu relacionamento em 2016 ou, nesse caso, em qualquer comunicação contemporânea que tenha ocorrido entre o casal ou seus amigos. Lugar algum.
  • 12. No entanto, mesmo aqueles que a Srta. Heard se contenta em ser ouvida em tribunal aberto são extremos o suficiente por si mesmos. Eles incluem atos prolongados de violência, como repetidos socos e tapas, sendo agarrada pela a garganta, sendo arrastada pelo chão pelos cabelos, tendo um lábio socado com tanta força que espirrava sangue na parede, um nariz quebrado e assim por diante; violência que a levou a temer pela sua vida, ela diz. Na Austrália, em 2015, ela ainda alega ter sido submetida a uma “situação de refém por três dias” envolvendo um catálogo de brutalidade, que terminou, criticamente, com Depp tendo uma parte do dedo cortada e exigindo ser hospitalizado, mas nenhuma atenção médica está sendo procurada pela Srta. Heard (apesar do médico estar em cena ou por perto). Terei mais a dizer sobre isso mais tarde.
  • 14. Enquanto o Sr. Depp nega as alegações de violência, a Srta. Heard não pode negar esses atos por vontade própria. Não é apenas que ela escolheu não terminar as coisas com o Sr. Depp, apesar de sua alegada violência desde o início, ela optou por morar com ele, noivar com ele e depois se casar com ele (algo que ele não havia feito em nenhum relacionamento anterior) com todo o conhecimento por parte dela, de como ele supostamente era e qual seria a natureza do relacionamento deles e continuava sendo.
  • S está falando de uma gravação de Amber Heard de Dezembro de 2015.
    Pergunta para JD – Sasha: você sabe o que é essa gravação?
    Johnny Depp: Um…
    S: Eu vou te dizer. É chamado de argumento 2
    JD: Ah sim…
    S: Então Amber Heard disse que as gravações também eram uma ferramenta para ajudar a lembrar JD como ele era com drogas e álcool, pois ele muitas vezes não se lembrava.
    S: essa é a sua lembrança?
    JD: Não
    S: Com suas próprias palavras, você poderia me dizer o que entendeu nas gravações?
    QC (Sasha) o leva a um artigo sobre ele supostamente destruindo um quarto de hotel em Nova York com 31 anos. Ele foi acusado de estar embriagado, mas sem motivo conhecido. Alegadamente, fez um acordo com o hotel para pagar quase US $ 10.000
    QC: você estava intoxicado?
    JD: Não
    QC: Você estava drogado?
    JD: Não
    QC: Você fez algum dano?
    JD: Eu fiz alguns danos
    QC: Alguns danos não chegam a quase US $10.000
    JD: Bem, essa foi a conta que me foi dada. foi há muito tempo.. eu deslizei um sofá pela sala
    CQ: Isso não causaria nenhum dano
    JD: Eu meio que deslizei … eu não rasguei as coisas..
    QC: Segunda vez que você foi preso
    JD: Sim
    QC: Por fazer algo violento
    JD: Sim
    QC: Causando 10K de dano? Isso é muito dinheiro para algumas pessoas, talvez não para você …
    JD: É muito dinheiro
    QC: Por que você fez isso?
    JD: Foi o ápice de um tempo desagradável
    QC: Você achou difícil controlar sua raiva nesta ocasião?
    JD: Naquela ocasião eu escolhi expressar minha raiva
    QC: Você se expressou através de comportamento destrutivo
    JD: As vezes tenho isso na minha vida
    QC: O motivo pelo qual estou fazendo todas essas perguntas é que estou sugerindo que, quando você estiver com raiva, se expresse com comportamento violento – você entende?
    JD: Eu entendo
    QC: Ok, vamos lá quando você fez Medo e Delírio em Las Vegas …
    (QC está falando sobre a ligação romântica que JD teve com a senhorita Barkin. Ela declarou que ele era carinhoso e gentil e bêbado na maior parte do tempo)
    QC: Ela foi questionada sobre substâncias ilegais – Barkin diz que alucinógenos, o que isso poderia ser?
    JD: LSD, cogumelos …
    QC: Ela está certa sobre isso?
    JD: Não
    CQ: Cocaína?
    JD: Não, não naquele momento
    QC: Maconha
    JD: Ocasionalmente …
    QC: Quase nenhuma droga …
    QC: Por que a Sra. Barkin mentiria?
    JD: Você está me pedindo para especular?
    QC: Não, estou perguntando se ela está mentindo. Vocês se separaram em bons termos…
    JD: Não, nós não
    QC: Você está dizendo que ela tinha um motivo maligno porque não se separaram de uma boa maneira?
    QC: Barkin diz que não consegue se lembrar do motivo da briga. Srta. Barkin está descrevendo um incidente quando você jogou uma garrafa. Não a atingiu. Houve uma briga entre você e seus amigos/assistentes. Ela diz que ninguém fez nada depois disso.
    QC: É um resumo justo?
    JD: Sim
    CQ: Essa é uma característica dos seus assistentes. Eles nunca interferem, nunca lidam com o seu mau comportamento, eles simplesmente lidam com a bagunça que você faz.
    JD: Isso está incorreto
    QC: Algum deles o repreendeu sobre seu comportamento… durante o tempo em que você estava com a Srta. B?
    JD: Repreensão é uma palavra muito forte. Não penso nessas pessoas como funcionários, são amigos, são mais parecidos com a família, nunca deixariam de me abordar se tivessem preocupações sobre algum assunto (…)
    [O juiz quer clareza sobre isso] Juiz: Algum de seus assistentes já teve problemas com seu comportamento?
    JD: Sim, eles discutiram sobre vários assuntos, mas não é um curativo, é mais a ver, por exemplo, se eu estava passando por um período em que senti que era necessário
    QC: Bem, vamos falar do que ela diz sobre o incidente – “Sempre há um ar de violência sobre ele. Ele grita – sempre há muitos gritos.” – Ela foi perguntada sobre quem você grita e diz “as pessoas que trabalham para você, pessoas que funcionam com uma capacidade menor para você.”
    QC: Ela então diz que você está com ciúmes. Você é ciumento?
    JD: Onde é dito ciúmes?
    QC: [lido em voz alta] “ele é apenas um homem ciumento, controlador – para onde você vai, com quem está indo, para onde você foi ontem à noite?”
    [dá um exemplo de um arranhão nas costas da Sra. B, que ele aparentemente ficou muito zangado porque, de acordo com a Sra. B JD, pensou que tinha dormido com outra pessoa.]
    QC então a conta que ela dá é alguém que está com raiva, toma muito álcool e drogas, lança um míssil em uma ocasião e alguém que está controlando muito e ciumento e alguém cujos assistentes não intervêm.
    QC: O que você diz disso?
    JD: Falso. E eu diria a descrição de mim na p20 na linha 14, onde ela diz que eu nunca gritei com ela e apenas gritei com meus assistentes, posso jurar que essa é a mais distante descrição de mim e das pessoas com quem trabalho. Nunca pensaria em alguém como menor que eu. Fazer um filme é um esforço colaborativo que não acredito na ideia de estrelas e fama e tudo mais. Acredito que se você falar com alguém com quem trabalhei ao lado da Sra. B, que claramente guarda rancor e falando em nome da Srta. Heard.
    QC diz que ela foi intimada. Barkin apresentou um depoimento ao tribunal.
    QC: Você diz que ela guarda rancor.
    JD: Eu diria que é bem claro
    QC está falando sobre o final dos anos 90, está dando um depoimento quase 20 anos depois.
    QC: Ela está carregando uma rancor por muito, muito tempo, ou ela está dizendo a verdade.
    JD: Eu diria que ela está ressentida por muito, muito tempo
    [o assunto é encerrado]
  • Chegamos a uma reportagem de jornal do final dos anos 90, que alega perseguições de fotógrafos por JD com um pedaço de madeira do lado de fora de um restaurante. JD é preso. Alegou ter disparado e começou a gritar obscenidades quando os paparazzis se aproximaram dele. “Eu não queria que eles usassem algo tão sagrado para o benefício deles. (Se referindo a gravidez da Vanessa)”
    QC: Eles queriam uma foto de vocês dois em um local público e você nos disse que viu isso como uma invasão de sua privacidade. Isso foi proporcional?
    O juiz intervém para dizer que se trata de um pedaço de madeira.
    QC: Você tinha um pedaço de madeira na mão?
    JD: Sim
    QC: Como você conseguiu?
    JD: No chão, havia uma tábua de madeira no compartimento de carga com cerca de 15″ de comprimento. Eram cerca de 15 paparazzi na porta do compartimento de carga, peguei a madeira e, quando eles entraram, bati em um deles com ela.
    QC: Então você agrediu alguém?
    JD: Eu bati na mão – havia cerca de 14 ou 15 deles
    QC: Isso é um ataque, a menos que seja em legítima defesa
  • No tribunal, Depp admitiu que nunca assistiu nenhum filme de Heard
    A defesa traz a torna uma citação de Depp ridicularizando Heard “atriz de merd* e sua maldita ambição
    Ele diz ao tribunal: “Se você não quer ser objetificado, na minha opinião, deve-se manter as armas e não usar certas coisas nas estreias que são reveladoras