Seja bem-vindo ao Amber Heard Brasil, sua melhor fonte sobre a atriz Amber Heard. Aqui você encontra notícias, fotos, vídeos, além do melhor conteúdo sobre a Amber.Esperamos que você goste e volte sempre! O Amber Heard Brasil é um fã site mantido por fãs com o objetivo de informar os demais. Nós não somos e não temos qualquer contato com a mesma. É proibido a cópia parcial ou imparcial deste site.

No dia 6 de Dezembro, foi divulgada uma entrevista da nossa atriz favorita para uma das revistas mais importantes: The Hollywood Reporter.
Confira todos os detalhes da entrevista traduzidos abaixo:

Ela é uma ativista afiada, amante de livros, mas a atriz ainda é mais conhecida por seu exterior estonteante (ou aquele tumultuado casamento com Johnny Depp e romance com Elon Musk). Mas com o papel feminino principal em ‘Aquaman‘, isso está prestes a mudar.

Amber Heard sacode os primeiros flocos de neve da estação ao entrar na Bauman Rare Books, uma loja no Upper East Side de Nova York que mantém sua porta da frente trancada porque é especializada em primeiras edições extremamente caras e colecionáveis. A nativa do Texas não está exatamente vestida para a mini nevasca abalando a cidade. Vestindo um terno de veludo preto com leões de ouro, gola alta dourada e sapatos de verniz preto, seu cabelo está molhado – não diferente de quando Heard faz sua primeira aparição como a super-heroína Mera em Aquaman – depois de andar os últimos quarteirões sem chapéu. A atriz de 32 anos está carregando um novo exemplar de The Female Persuasion, de Meg Wolitzer (ela o pegou logo antes de nossa reunião enquanto visitava seu agente na WME), mas está de olho na primeira edição de Atlas Shrugged, de Ayn Rand. Ela sabe que é uma primeira edição porque o livro é dedicado ao marido de Rand, Frank O’Connor, e seu amante, Nathaniel Branden. Heard sussurra conspiratoriamente que Rand removeu Branden de edições posteriores depois que ele a largou.

Embora ela viva em Los Angeles, os lojistas aqui a conhecem, tendo vendido livros a Heard no passado. Para me dar um rápido vislumbre, ela tira o telefone para mostrar fotos das pilhas de livros que revestem as paredes de todos os cômodos de sua casa.

“Você pode ter lido Huckleberry Finn, mas o que é incrível é que este livro também tem sua história”, diz ela, apontando para uma primeira edição de Mark Twain. “Pense nos quartos em que se encontrava, nas conversas que aconteceram em torno dele, nas mãos em que ele viveu. Adoro o cheiro especialmente.”

Se eu me surpreender com o fato de que uma desistente do ensino médio considerada a mulher mais bonita do mundo por um algoritmo científico poder recitar os clássicos literários como uma sábia, fala fluentemente espanhol, é a primeira atriz americana a ser nomeada campeã dos direitos humanos do escritório de direitos humanos da ONU (ao lado da vencedora do Prêmio Nobel da Paz, Nadia Murad) e conversa com o fã da Rand, Elon Musk, não estou sozinha.

“Eu não sei por que estou surpreso, mas ela é uma pessoa muito lida”, diz o diretor do Aquaman, James Wan. “Entre as tomadas, toda vez que eu a via, ela tinha acabado de terminar um livro grande e grosso e estava em um novo livro grosso.”

Com Amber, talvez seja muito fácil julgar o livro pela capa.

Como 2018 chega ao fim, a atriz se encontra em uma encruzilhada. Nos últimos dois anos, ela resistiu a um dos mais controversos divórcios de Hollywood (ela está legalmente impedida de discutir o ex-esposo Johnny Depp graças ao acordo deles), se recuperou com um romance com o enigmático Elon Musk (eles terminaram em agosto de 2017). ) e agora está solteira

“Estou em um relacionamento comigo”.

Mas sua carreira até agora desequilibrada está prestes a decolar com Aquaman, marcando sua primeira protagonista feminina em um filme de estúdio. As apostas são enormes para o filme, que custou US $ 200 milhões e é da Warner Bros. É o primeiro filme solo da Liga da Justiça desde Mulher Maravilha de 2017. O estúdio está adotando a abordagem não convencional de abrir o filme primeiro na China, duas semanas antes do lançamento em 21 de dezembro nos EUA.

De acordo com um rastreamento antecipado, espera-se que o filme ganhe impressionantes US$ 65 milhões em sua estreia nos Estados Unidos e o supere Mary Poppins Returns e spin-off de Transformers. Esse número deu ao presidente da Warner Bros Pictures Group, Toby Emmerich, confiança suficiente para começar as conversas sobre uma continuação (embora nenhum escritor tenha sido contratado ainda). Heard, que fontes dizem ter ganhado um salário baixo de sete dígitos, veria esse balão de pagamento.

Depois de fazer sua entrada, Mera aparece em quase todas as cenas do filme.

“Amber e eu sempre brincamos que o filme deveria ser chamado “As Aventuras de Mera e seu ajudante Aquaman“, diz Wan. “Ela tem muito mais superpoderes.”

Entretanto Momoa fez questão de afirmar seu domínio fora da câmera, com uma pegadinha.

“Ela se afastou e eu arranquei as últimas 10 páginas de seu livro de 800 páginas, tipo o último capítulo”, diz ele. (O livro em questão foi Homo Deus de Yuval Noah Harari: Uma Breve História de Amanhã, na verdade, 464 páginas.)

Ter um forte relacionamento com Momoa foi importante, dadas as exigências físicas do filme. Como Wan estava simulando um mundo subaquático, Heard e Momoa passaram longas horas em trajes desconfortáveis pendurados por cabos.

“Eu realmente achei que ela seria uma reclamona. Tipo, eu lamento e gemo e choro mais do que ela”, acrescenta Momoa. “Ela foi super forte.”

Para o bem ou mal, grande parte do fascínio em torno de Heard decorre de seus romances. De 2008 a 2012, ela estava em um relacionamento homoafetivo com a fotógrafa de celebridades Tasya van Ree. Enquanto essa união estava terminando, ela conheceu Depp no set de The Rum Diary em 2011 e começou a viver com o então ator da elite de Hollywood, um ano depois. Eles se casaram em 2015.

Mas depois de 15 meses de casados, as coisas ficaram feias, e em 2016, ela pediu o divórcio de Depp em meio a alegações de que ele a abusou física e verbalmente, inclusive jogando um celular em sua cabeça e resultando em um corte sob os olho (Depp nega alegações). Apesar do fato de que o par assinou acordos de confidencialidade, Depp continua a criticá-la na imprensa. Em um recente perfil da GQ Britânica, ele sugeriu que as alegações de abuso doméstico eram parte de uma conspiração maior ligada a seus problemas legais com seus gerentes de negócios. Ainda assim, Heard não mordera a isca.
 

“Eu não vou falar sobre o Johnny. Estou mais interessada em falar sobre o trabalho que estou fazendo e as coisas das quais me sinto orgulhosa. Eu fiz o necessário para me defender, eu me posicionei pelo que era certo”, diz ela, mudando rapidamente o assunto da conversa para um raro James Joyce Ulysses em exibição.

Amber doou todo o seu dinheiro do acordo de divórcio de US $ 7 milhões para a ACLU, para a qual ela é embaixadora, e para o Hospital Infantil de Los Angeles.

“Eu não acho que ninguém teria olhado diferente para ela se ela mantivesse o dinheiro do acordo que era devido a ela, mas ela sabia que o dinheiro poderia fazer mais pelos outros do que por ela”, diz Jessica Herman Weitz, diretora de engajamento de artistas na ACLU. “O que esse dinheiro foi capaz de fazer para ajudar a proteger as mulheres e outras vítimas de violência de gênero vai ser um grande passo para fazer a diferença para as pessoas que servimos. Essa foi a minha primeira interação com ela, que é bastante ousada. Não foi algo como “eu vou fazer um tweet”. Foi: “Estou colocando meu dinheiro onde minha boca está”.

Em contrapartida, Heard é mais aberta se o assunto for Musk, que começou a cortejar a atriz quando ela estava em um relacionamento com Depp. Amber e Elon conheceram-se no ​​set de Machete Kills de Robert Rodriguez, de acordo com uma troca de e-mail entre o fundador da Tesla e o diretor Rodriguez que o THR publicou em agosto de 2016. “Você pode enviar uma nota dizendo que eu gostaria de encontra-la para almoçar em Los Angeles?” Musk enviou um email à equipe de Rodriguez. “Não estou procurando um encontro. Eu sei que ela está em um relacionamento de longo prazo, mas … Amber parece ser uma pessoa interessante para conhecer.”

Elon e eu tivemos um lindo relacionamento e agora temos uma linda amizade, baseada em nossos valores fundamentais”, diz Amber. Tal como? “Curiosidade intelectual, idéias e conversas, um amor compartilhado pela ciência. Nós apenas criamos um vínculo baseado em muitas coisas que falam sobre quem eu sou por dentro. Eu tenho muito respeito por ele.”

Quanto a seus colapsos e ter deixado o cargo de presidente da Tesla (ele continua sendo o CEO), Heard diz com uma risada: “Ele não é chato”.

Muito do que define Amber hoje pode ser atribuído à sua criação no Texas, a filha do meio de três filhas. Sua irmã mais nova, Whitney, mora nas proximidades de Los Angeles e está prestes a dar à luz seu primeiro filho. Cheia de orgulho, a atriz me mostra uma foto de sua cadela, Pistol, sentada na barriga muito grávida de Whitney.

“Ela é minha melhor amiga. Ela é minha parceira no crime”, diz ela.

De volta ao Texas, Heard passou longas horas na Austin Public Library, tornando-se um leitora voraz de ficção científica distópica.

“Foi isso que ajudou a estruturar muitos dos meus pensamentos, sentimentos, atitudes e convicções de uma maneira que era relevante politicamente”

, observa ela.

Um de seus primeiros atos ativistas foi doar para a ACLU. “Ela era uma estudante do ensino médio, e ela ouviu falar sobre este caso da ACLU em que um estudante do ensino médio foi proibido de levar a pessoa que amava ao baile”, diz Herman Weitz, que soube da história quando ela começou a trabalhar com Heard. “Era um casal do mesmo sexo, e ela viu: ‘Oh, cara, existe uma organização que cuida de pessoas estranhas como eu. Vou doar $ 25’.”Que para um estudante do ensino médio é como todo o dinheiro do mundo”.

No final da adolescência, ela se mudou para Los Angeles e conseguiu pequenos papéis em séries de TV como Jack & Bobby. Seu primeiro papel no cinema veio através do hit sobre futebol americano de Peter Berg, Friday Night Lights. E uma vez ela trabalhou com seu pai, David Heard, em Machete Kills (embora ele seja um empreiteiro, não um ator, David foi escalado devido ao seu ótimo visual típico do Texas). Ao longo dos anos, trabalhou com alguns dos principais diretores de Hollywood, como Tom Hooper em The Danish Girl, Niki Caro em North Country e Nick Cassavetes em Alpha Dog. Mas, como a carreira de uma versão mais jovem de Charlize Theron, ela foi exilada a ficar bonita enquanto a ação girava em torno de outras pessoas.

Agora, com a forte repercussão inicial de Aquaman, Heard está pronta para subir nas listas de desejadas pelos estúdios. Enquanto isso, ela está ganhando muito dinheiro como a nova porta-voz global da L’Oréal Paris. Ainda mais gratificante para Amber é seu trabalho filantrópico. No período que antecedeu as eleições, ela estava no terreno, apoiando o democrata Beto O’Rourke em sua tentativa de derrotar o texano Ted Cruz. Em outubro, ela visitou as Nações Unidas em Genebra, onde se dirigiu a diplomatas sobre os direitos das mulheres e o flagelo da violência baseada em gênero.

“Ela é apaixonada pelos problemas que está defendendo”, diz Laurent Sauveur, diretora de relações externas do escritório de direitos humanos da ONU. “Ela realmente os sente por causa de sua história pessoal. Isso é algo que não é uma teoria para Amber. Ela está falando sobre a vida real.”

Entre os deveres promocionais de Aquaman que a levaram da China para Londres, ela incorporou a chamada caravana de solicitantes de asilo no México.

“Eu estava trabalhando nos bastidores com algumas pessoas dando ajuda humanitária para a caravana e indo para a Cidade do México quando [os migrantes] começaram a chegar”, diz Heard. Para inserir, “entrei em contato com os chefes de certas organizações sem fins lucrativos. Prefiro não dizer quais foram, por questão de segurança, pois isso se tornou extremamente volátil e político”.

Embora ela passe muito de seu tempo de ativista fora de Hollywood, ela diz que a indústria também precisa de muita correção. “Hollywood é o mais lento para mudar. Ironicamente, é considerado uma sede dos ideais progressistas, e ainda assim a realidade é exatamente o oposto”, diz ela. “É profundamente avesso ao risco e dependente da manutenção do status quo”.

Dado o ritmo glacial do progresso, a melhor coisa que Heard pode fazer é escolher papéis que não objetificam as mulheres. Ela lembra a ligação inicial do produtor de Aquaman, Zack Snyder, descrevendo sua visão para o personagem “uma rainha guerreira, com uma coroa e uma espada”, diz ela. “Uma forte, independente super-heroína por si mesma. Eu ficava tipo, ‘Esse é o tipo de personagem que eu posso pegar’.”

Em algum momento entre a caravana e o tempo com a Operação Sorriso, ela voou para a Jordânia para trabalhar com a Sociedade Médica Sírian Americana (SAMS), ajudando refugiados ao longo da fronteira. Lá, ela resgatou um cachorro que estava morrendo na estrada e foi confundido com uma pedra.

“Quando você viaja e passa muito tempo na estrada e de maneira não-consistente, um país, filmando um filme ou em um campo de refugiados e fazendo todas essas coisas e indo a todos os lugares, você pode encontrar-se, por vezes, no final de um mês, percebendo que, enquanto você nunca está realmente sozinho, você passou um mês sem estar perto de uma pessoa que te conhece”, diz ela.

Com isso, Heard levanta sua gola alta e revela o lado esquerdo de suas costas, coberto de tatuagens em versos. Omar Khayyam e Pablo Neruda. Em seguida será Baudelaire. É uma espécie de explicação para querer alguma permanência em sua vida cigana.

“Vivendo de uma mala, coletar livros não é a coisa mais conveniente para mim”, diz ela, enquanto olha saudosamente para uma coleção de Robert Graves que contém o poema de amor Os ladrões. “Como tenho pouca consistência na minha vida, sinto que preciso de um pedaço de mim que me lembre de casa ou de alguma versão disso. Precisa ser algum objeto.”

Para Heard, um livro serve.

Ensaio Fotográfico: 
ah1~3.jpgah2~1.jpgah3~3.jpg

Tradução e adaptação: Equipe Amber Heard Brasil.
Fonte: THR

Amber Heard compareceu no dia 24 de Abril à CinemaCon, uma convenção de cinema que engloba todos os lançamentos de filmes, que está ocorrendo em Las Vegas – Nevada. A atriz esteve juntamente do elenco e do diretor de Aquaman para a promoção do filme, que tem data de estréia prevista para Dezembro deste ano. Heard teve seu visual todo montado por sua “Glam Team”, que conta com a stylist Karla Welch, a maquiadora Mélanie Inglessis e o cabeleireiro Robert Vetica. Vestiu um lindo blazer brilhoso da grife Yves Saint Laurent, uma calça da mesma grife, sapatos Christian Louboutin e chapéu Gladys Tamez Millinery.

Confira mais fotos abaixo:

Red Carpet:

Palco:

Amber Heard juntou-se a Charlie Plummer, estrela de “All The Money In The World” no drama “Gully” – Segundo a fonte do site Variety.
Kelvin Harrison Jr, Jacob Latimore, Alice Eve e Jonathan Majors também estão no elenco. Esse filme marca a estreia do diretor musical Nabil Elderkin como diretor televisivo. Marcus Guillory é o responsável pelo roteiro.
O filme é ambientado em uma versão levemente distópica de Los Angeles. Fala sobre três adolescentes, todos vítimas de traumas de infância, que estão promovendo uma revolta hedonista. Heard interpreta a mãe de Plummer.
O curta está sendo produzido por Brad Fenstein, da Romulus Entretenimento, juntamente com Tom Butterfield, Ben Pugh, Corey Smyth e Alex Georgiu. Os produtores executivos são: Joseph F. Ingrassia, Gabriela Revilla Lugo, Andy Brunskill, e Kweku Mandela. Romulus Entretenimento está financiando o projeto. Endeavor Content está representando os direitos domésticos. Christopher Tricarico, da Tricarico Chavez, LLP representa a Romulus e está lidando legalmente com finanças, produção e distribuição.

Heard recentemente apareceu como Mera em “Liga da Justiça“, da Warner Bros, e vai reprisar o papel ao lado de Jason Momoa em “Aquaman“, que estreia em dezembro. Seus filmes recentes incluem “The Danish Girl“, de Tom Hooper, estrelado por Eddie Redmayne e Alicia Vikander; “The Adderall Diaries“, de Pamela Romanowsky, com James Franco e Ed Harris; e “Magic Mike XXL“, ao lado de Channing Tatum. Heard também foi recentemente escalada em “Run Away With Me“. Ela é representada pela WME.

Fonte: Variety. – Tradução e adaptação: Equipe Amber Heard Brasil.

Cada dia mais próximo do lançamento de Liga da Justiça, inúmeros materiais têm sido compartilhados para a divulgação do filme. O site Fandango publicou com exclusividade um vídeo dos bastidores da Liga, onde temos uma pequena aparição da Amber caracterizada como a Rainha Mera cumprimentando o ator Jason Momoa. Confira:

Nesse sábado (29), foi comemorado antecipadamente o aniversário do ator Jason Momoa, par de Amber Heard em Aquaman, em um clube de tiro ao alvo localizado em Gold Coast. Amber, assim como todo o elenco do filme estiveram presentes na celebração.

Amber Heard se juntou com Jason Momoa e seus filhas no dia (12), para curtir uma agradável tarde entre amigos em um dos jogos de rugby que veem acontecendo recentemente na Austrália. A dupla Aquaman publicou algumas das fotos tiradas nas redes sociais para a nossa felicidade, confiram:

Após uma pausa nas gravações para que o elenco e equipe pudessem ter seu merecido descanso, as gravações de Aquaman voltaram com força total na Austrália e já está rendendo boas fotos nas redes sociais.

Amber Heard publicou em seu Instagram uma maravilhosa foto dela caracterizada como Mera ao lado de seu companheiro de tela, Jason Momoa e do diretor, James Wan.

Amber Heard e Jason Momoa foram vistos pela primeira vez no set de Aquaman, desde o inicio das gravações, em 18 de maio.

Os dois foram fotografados na noite de antes de ontem (26) em Gold Coast, Austrália. Nas fotos podemos ver Amber de costas, caracterizada como Mera e conversando com Arthur, personagem de Momoa.

Amber Heard e Jason Momoa se reuniram recentemente com amigos em um bar de Los Angeles e para a felicidade de todos, Amber  publicou em seu Instagram a melhor foto que nós teremos a oportunidade de ver esse ano: ela e Momoa se divertindo juntos.

A atriz publicou a foto (a primeira dos dois juntos), com a legenda: “#aquaMan Crush de segunda-feira #LigaDaJustiça”

Jason Momoa agora também está a seguindo no rede social.

ATUALIZAÇÃO (16/04)

Savannah McMillan publicou uma nova foto da renião de Amber Heard e Jason Momoa com amigos em um bar de LA:

Amber Heard, Jason Momoa, James Wan e Patrick Wilson se reuniram na última terça-feira, (24), para a leitura do roteiro de filme Aquaman, que tem estreia marcada para 2018. O encontro aconteceu em Los Angeles, com direito a uma foto publicada por Wan em seu Instagram. As filmagens de Aquaman devem começar nas próximas semanas, na Austrália.