Seja bem-vindo ao Amber Heard Brasil, a sua maior e melhor fonte brasileira sobre a atriz no Brasil. Aqui você encontrará informações sobre seus projetos, campanhas e muito mais, além de entrevistas traduzidas e uma galeria repleta de fotos. Somos um site sem fins lucrativos criado e mantido por fãs e não possui qualquer ligação com Amber Heard, sua família ou seus representantes. Todo o conteúdo original aqui apresentado pertence ao site a não ser que seja informado o contrário. Nenhuma violação de direitos autorais é pretendida, nós NÃO reivindicamos ou possuímos direito de propriedade sobre nenhuma das fotos em nossa galeria, as mesmas pertencem aos seus respectivos donos legítimos e estão sendo usadas de acordo com a Fair Use Law § 107.

Whitney Henriquez disse ao Supremo Tribunal que já foi próxima de Depp, a quem chamou de “irmão” e ficou surpresa com o quanto ela gostava dele.

Mas ela alegou que o relacionamento ficou ruim quando o ator se tornou “verbalmente abusivo, mesmo quando estava sóbrio” com a irmã. Whitney disse: “Ele poderia insultá-la e dizer que a amava na mesma frase, com quantidades iguais de paixão. Lembro-me dele muitas vezes dizendo ‘Sua porra de vadia , sua puta gorda … mas Deus, eu te amo pra caralho'” – e coisas assim. “

Ela disse que o relacionamento de sua irmã com o ator era “tumultuoso desde o início” e notou “sinais de abuso físico” – incluindo cortes e contusões” em Heard desde o início.

Whitney afirmou que “tentou intervir” e disse a Heard para deixar Depp, mas “sentiu-se mal” quando descobriu que ficou noiva em setembro de 2013.

Ela disse: “Eu disse a ela que era uma má ideia, implorei para que ela não seguisse em frente e disse que deveria terminar com isso porque não iria melhorar. Perguntei a ela: ‘por que você está aguentando isso?’ e disse que ele colocando um anel no dedo dela não iria impedi-lo de bater nela.”

Whitney afirmou que confrontou Depp por ter batido em Heard pela primeira vez em 2014 – perguntando “por que você teve que bater nela?”

Ela acrescentou: “Às vezes, ele nega ou minimiza dizendo: ‘Não, eu apenas a empurrei, não a bati’. Outras vezes, ele reconhecia que a havia batido, mas tentava se justificar, alegando que ela o batia primeiro ou ‘ela me chamava de idiota’ e dizia ‘irmã, eu perdi o controle’.”

Whitney morava a duas portas de Depp e Amber, no último andar do luxuoso edifício Eastern Columbia, no centro de Los Angeles.

Mas ela foi expulsa do apartamento depois que alegou ter sido injustamente acusada de vender fotos da irmã e do casamento de Depp. Quando ela voltou para a casa de Heard em dezembro de 2015, após um intervalo, ela alegou ter visto “cabelos loiros e sangue” presos a uma lasca no batente da cama.

Ela acrescentou: “Lembro-me de imaginar que tipo de força seria necessária para fazer isso porque era uma estrutura tão pesada e sólida”.

Whitney também afirmou que Depp “ficaria chateada” com roupas que Heard queria usar em eventos chamativos e era “incrivelmente ciumento e possessivo e se sentia ameaçado por seus ex-parceiros e co-estrelas”.

Ela disse ao tribunal sobre uma briga em 2015, quando ela e Heard deixaram Depp no ​​Brasil para que ela pudesse fazer um teste para Aquaman.

Whitney disse: “Lembro-me de seu assistente, Nathan Holmes, e brincamos com o fato de que esperávamos que ela não conseguisse o papel, porque Johnny ficaria louco quando visse uma foto de Jason Momoa, seu colega de elenco”.

A irmã também alegou que Depp quase a empurrou pelas escadas enquanto ele socava a atriz várias vezes com raiva em sua casa em Los Angeles em 2015.

Whitney disse: “Lembro-me de estar preocupado por estar perto da beira da escada. Quando ele chegou ao topo da escada, estava me puxando para trás para poder chegar a Amber. Lembro-me de ter medo porque estava preocupado de cair para trás e descer as escadas. Johnny estendeu a mão para me empurrar fora do caminho para atacar Amber – estendendo a mão para tentar bater em Amber – e, em vez disso, me atingiu, me batendo no braço. De repente, Amber deu um salto para a frente, bateu nele e disse: ‘não bata na minha irmã’. Eu não vi exatamente como Amber o atingiu, mas não parecia especialmente forte; era o suficiente para ele perder o impulso.
Ela estava apenas tentando me proteger e acho que provavelmente me impediu de ser empurrada pelas escadas. Houve uma briga comigo no meio, e ele realmente foi atrás de Amber. De alguma forma, fui empurrada para fora do caminho, então não estava entre eles, mas estava parada ao lado deles quando Johnny a agarrou pelo cabelo com uma mão e o vi dar socos na cabeça dela com muita força, várias vezes.”

Heard relatou ao tribunal nesta semana que Depp empurrou a ex-namorada, Kate Moss, escada abaixo e temia que o ator fizesse o mesmo com sua irmã.

Ela então admitiu no Tribunal que deu um soco em Depp durante a briga “muito violenta” nas escadas de sua casa.

Original | Tradução e adaptação: Equipe Amber Heard Brasil







layout desenvolvido por lannie d. - Amber Heard Brasil